A cópia de Far Cry New Dawn utilizada neste review foi gentilmente cedida pela Nuuvem, a maior loja de jogos digitais para PC da América Latina. Lá você pode encontrar não apenas Far Cry New Dawn, mas também uma série de outros games, incluindo muitas ofertas bacanas.

O catálogo da loja é enorme, e inclui jogos ativáveis no Steam e no Uplay. Além disso, comprando seus games na Nuuvem através de nossos links (acima), você ajuda bastante o XboxPlus, nós agradecemos imensamente, e nada muda para você. Dê uma olhada!

Jogos com temática pós-apocalíptica são realmente muito interessantes. A hipótese de um evento capaz de destruir o mundo como o conhecemos é capaz de provocar sentimentos os mais diversos, desde terror até melancolia. Tudo isto pode ser ainda mais reforçado através dos jogos eletrônicos, obviamente, mídias com as quais podemos interagir e, assim, obter uma experiência muito mais íntima e personalizada.

Far Cry New Dawn

Far Cry New Dawn é outro spin-off dentro da famosa franquia da Ubisoft. Vemos nele algo um pouco similar ao que podemos observar em Far Cry 3: Blood Dragon e Far Cry Primal, por exemplo, mas com uma diferença impactante: trata-se do primeiro jogo dentro da série que representa uma continuação direta de eventos vistos em um título anterior, neste caso, em Far Cry 5 (análise).

Obs: vale ressaltar que como se trata de uma continuação, e dada a natureza de New Dawn, este review contém alguns pequenos SPOILERS de Far Cry 5. Portanto, se você não jogou este último, fique atento a partir de agora. Fica aqui o aviso.

Em New Dawn, retornamos a Hope County, terra fictícia no estado de Montana, nos Estados Unidos. Retornamos, aliás, após uma grande catástrofe nuclear global, a qual o grande vilão do jogo anterior, Joseph Seed, previa com grande frequência, e a qual ele também utilizava para manter seus seguidores “na linha”.

Far Cry New Dawn

Diferentemente, entretanto, do que podemos observar em outros jogos pós-apocalípticos, como o recente e espetacular Metro Exodus (analisado aqui), por exemplo, onde temos um mundo deprimente, melancólico, desesperador e desprovido de qualquer motivo para esperança, este mais recente capítulo da franquia Far Cry nos apresenta a um mundo belíssimo, por mais incrível que possa parecer.

A Hope County a nós exibida ainda é a mesma do jogo anterior, porém mais colorida, mais bonita, mais incrível. Entram em cena novos elementos gráficos, e a Ubisoft até chegou a consultar especialistas para lidar com este “renascimento”, no jogo, para poder criar um mundo tão vívido, repleto de flora e fauna exuberantes.

Far Cry New Dawn

Tudo em Far Cry New Dawn, aliás, conta com fortíssima presença de tons rosa e azul, o que acaba transformando a experiência como um todo em algo verdadeiramente incrível. Eu diria até que este é o Far Cry mais bonito já lançado pela desenvolvedora e publisher francesa.

Nada nele é sombrio, opressor, melancólico: muito pelo contrário e bem diferente do que ocorre com outros jogos e franquias pós-apocalípticos, como Metro e S.T.A.L.K.E.R. Aliás, vale mencionar que o jogo conta com ciclos completos de dia e noite, e é muito bonito observar, por exemplo, o alvorecer enquanto você pilota um helicóptero ou então simplesmente enquanto você caminha pelos belos e rosados cenários.

Hope County, assim como o resto do mundo, sofreu com as bombas nucleares, mas o local renasceu de maneira estupenda. Trata-se do mesmo mapa visto no game anterior, mas ele agora conta com destroços, com vegetação invadindo as pistas, com carros e locais abandonados (e até mesmo inundados), e com animais estranhos também “equipados” com os mesmos tons rosa e azuis acima mencionados. E tudo isto é plenamente justificável e explicável após uma catástrofe como a que atingiu o mundo no final de Far Cry 5, segundo a Ubisoft e seus especialistas (veja link acima).

Far Cry New Dawn

A história de New Dawn acontece 17 anos após os eventos vistos no jogo anterior da série. O jogador encarna novamente um personagem sem nome e sem fala. Um Capitão de Segurança que viajava em um trem em direção a Hope County visando ajudar os sobreviventes do lugar, os quais sobreviveram por longos períodos em bunkers e agora tentam reconstruir suas vidas na superfície.

Tal trem, vale ressaltar, sofre logo no início um ataque, e descarrila. Tal ataque é perpetrado por um grupo conhecido como “Os Salteadores”, uma verdadeira praga que aterroriza e saqueia tudo e todos que pode no condado. O grupo, liderado pelas gêmeas Mickey e Lou, é implacável, além de perpetrar grande violência por onde quer que passe.

Far Cry New Dawn

As próprias gêmeas, aliás, as grandes vilãs do game, são personagens bastante interessantes: enquanto Mickey se mostra mais inteligente, estrategista e contida, Lou, por outro lado, é violenta e cabeça quente, chegando a cometer atos que beiram a barbárie. E as duas se completam dentro da narrativa, vale dizer, de maneira muito bacana.

Far Cry New Dawn

O protagonista, na companhia de alguém conhecido como Thomas Rush, logo foge do local sob fogo cerrado, até o momento em que deste último se separa e acaba se encontrando com Carmina Rye, filha de Nick e Kim Rye (isto mesmo, os mesmos personagens vistos em FC5). Aliás, é interessante observar como Far Cry New Dawn traz de volta e insere no contexto da narrativa vários dos personagens de FC5, incluindo o Pastor Jerome Jeffries e o maluco Hurk, por exemplo.

Far Cry New Dawn

Carmina é quem leva o personagem principal até seu grupo, chamado Prosperity. Trata-se, na verdade, de uma espécie de resistência que luta contra a opressão das gêmeas e dos Salteadores. E é aqui que começa a entrar em cena uma das novidades mais bacanas do novo jogo, algo que a Ubisoft chamou de “light RPG“.

Sim, temos algumas leves “pitadas” de RPG no jogo, e tudo já começa à partir do gerenciamento de nossa base, Prosperity. Tal base conta com diversas infraestruturas, as quais podem (e devem) sofrer upgrades.

Far Cry New Dawn

Tais infraestruturas (laboratórios de explosivos, enfermaria, cartografia, campo de treinamento, expedições, bancada de armamentos, etc) podem ser evoluídas até o nível 3, e fornecem benefícios diversos ao jogador, como por exemplo maior saúde, melhores armas e munições, mapas de segredos e/ou recursos valiosos, acesso a recursos raros, melhor eficiência das Armas de Aluguel (sim, elas estão de volta, e de forma semelhante àquilo que vimos em FC5), etc.

Far Cry New Dawn

E eu até torço, de verdade, para que a Ubisoft aprimore todas estas mecânicas e faça com esta franquia algo que ela já fez com a franquia Assassin’s Creed, em Assassin’s Creed Origins e Assassin’s Creed Odyssey: transformar os jogos em RPGs completos. No final de meu review de Far Cry 5, aliás, eu disse que a série precisava de uma revigorada, e eis que topamos com algumas novidades bem interessantes neste sentido.

Além disso, inimigos possuem níveis, em Far Cry New Dawn (1, 2, 3 e Elite). Armas agora também estão divididas em níveis, indo também de 1 até Elite. Sendo assim, é morte quase certa tentar enfrentar, por exemplo, um inimigo de nível 3 ou Elite com armamento nível 1.

Far Cry New Dawn

Você precisa, aliás, antes de aprimorar seu armamento, antes de criar armas de maiores níveis, mais poderosas, aprimorar sua bancada de trabalho, e para isto é preciso um recurso bastante escasso: etanol. É com etanol que você aprimora as diversas infraestruturas de Prosperity, também. É com etanol que você obtém acesso, portanto, a melhores armas, a melhores equipamentos e munição, e a melhores benefícios oriundos das diversas infraestruturas internas localizadas na base.

Você pode roubar caminhões tanque carregando etanol, por exemplo, e também obter etanol liberando postos avançados (não se esqueça, ainda estamos falando de um título Far Cry). Etanol também pode ser obtido através de entregas especiais lançadas à partir de aviões dos Salteadores, as quais você pode então interceptar e roubar, após matar os Salteadores que estavam correndo para buscá-las.

Vale destacar também outra novidade muito interessante: também é possível “resetar” postos avançados, de maneira tal a liberá-los novamente e, assim, obter mais etanol. Porém, isto pode ser feito diversas vezes, com mais etanol sendo entregue ao protagonista a cada nova tentativa com sucesso. Mas vale a pena ressaltar que a cada nova tentativa, inimigos de níveis maiores passam a fazer parte do contingente inimigo ali presente. Portanto, todo o cuidado é pouco.

Far Cry New Dawn

Outra novidade muito legal introduzida no jogo diz respeito às expedições: trata-se de viagens que podemos fazer, de helicóptero, a outros locais dos Estados Unidos (até a ilha de Alcatraz pode ser visitada, desta maneira), com o objetivo de roubar recursos dos Salteadores (incluindo recursos raros) e, assim, sermos capazes de criar armas mais poderosas.

O crafting agora se faz presente de maneira mais forte, aliás. Você tem que jogar com uma coisa na cabeça: não deixe passar nada em branco. Colete tudo o que puder (não existem limites no inventário), incluindo molas, fitas, circuitos, sucata, solvente, pólvora negra, plantas, cobre, engrenagens, lingotes de titânio, etc.

Far Cry New Dawn

Até mesmo para ressuscitar Armas de Aluguel que perecem em combate (sem que você consiga revivê-las antes) é necessário o uso de itens obtidos através de looting, como algumas plantas, por exemplo. Portanto, fique bem atento a este detalhe em Far Cry New Dawn.

Até mesmo para criar armas na bancada são necessários itens coletados através do processo de looting. As armas, aliás, possuem todo um jeitão improvisado, meio relacionado a sucata, com tudo a ver com um jogo de temática pós-apocalíptica, incluindo elementos improvisados e plásticos nos silenciadores, etc. É muito bacana, apesar de não ser algo tão profundo e “realista” quanto aquilo que podemos observar, por exemplo, em Metro Exodus.

Far Cry New Dawn

Muitas armas, aliás, são extremamente coloridas, sendo que algumas delas também contam com os belos tons rosa e azul já acima mencionados. Veículos (incluindo os aéreos, como helicópteros, por exemplo) também são criados do mesmo modo, e muitos deles são extremamente chamativos, também. Os próprios Salteadores são um show à parte, com suas roupas chamativas, repletas de tons rosa, e sempre ouvindo música em altíssimo volume. Acredite, ao tentar abordar diversos postos avançados, você ouvirá música alta à todo instante.

Voltando à história, pouco a pouco você, na pele do protagonista, começa a ser odiado pelas gêmeas, devido aos esforços que faz para ajudar o povo de Prosperity. Isto sem falar que Joseph Seed continua vivo, sendo que o antigo grupo Portão do Éden se transformou, agora, no Novo Éden. Tal grupo é totalmente opositor dos Salteadores, e tem como princípio abandonar toda a tecnologia do mundo antigo, vivendo de maneira bastante simples (incluindo armas de fogo: eles utilizam armas brancas e arco e flecha).

Joseph Seed, por falar nisso, passou por grandes mudanças, e em determinado momento representa papel crucial na trama. Em mais de um momento, é melhor ressaltar, sendo que podemos nele enxergar até mesmo um certo arrependimento e um grande desgosto, principalmente quando ele lida com um determinado membro do tal Novo Éden.

Far Cry New Dawn

O enredo de Far Cry New Dawn é interessante, e conta inclusive com algumas reviravoltas bastante interessantes, incluindo a presença de alguns elementos meio que “sobrenaturais”. Tudo isto é muitíssimo bem vindo, principalmente porque à partir de determinado momento e acontecimento, o protagonista pode desbloquear perks, ou vantagens, especiais, as quais têm tudo a ver com um determinado acontecimento estranho na presença de Joseph Seed (e, sim, permanecem as habilidades desbloqueáveis, ou perks, também conhecidas no jogo como “vantagens”).

A história também conta com alguns momentos um tanto quanto impactantes, principalmente no que diz respeito à atuação das gêmeas Mickey e Lou. Lou parece se destacar um pouco mais, aliás, talvez devido à sua extrema violência e raiva. O protagonista sem nome acaba também tendo contato com a história pessoal de alguns personagens (incluindo personagens de Far Cry 5), momentos que podem inclusive fazer parte de missões secundárias.

E, sim, ainda contamos com diversas missões secundárias, além de caças ao tesouro (quando podemos coletar um monte de materiais para crafting), liberação de outposts, possibilidade de caçadas a diversos animais (animais estes que sofreram leves mutações devido à radiação, e passaram a exibir as bonitas e já acima mencionadas novas cores que fazem parte da paleta do jogo), etc. Afinal de contas, ainda estamos falando a respeito de um game da franquia Far Cry, não é?

O final do jogo é realmente interessante, para não dizer bonito. Dramático, também, e apresenta uma boss battle totalmente inesperada, a qual tem a ver com os tais elementos sobrenaturais que eu mencionei acima. Aliás, trata-se de uma bela sacada da Ubisoft: introduzir elementos um pouco surreais e sobrenaturais em uma franquia que até então optava pelo “realismo”.

Far Cry New Dawn

Estou falando de belas “viajadas” por parte da desenvolvedora, na verdade, mas por incrível que pareça, elas vieram bem a calhar. Trata-se de uma verdadeira lufada de ar fresco na série, algo que vai então de encontro àquilo que eu disse em meu review de Far Cry 5, a respeito da mesmice, de a série precisar de uma revitalizada. Ah, sim, não poderia deixar de mencionar: no game também existem perdas – perdemos amigos, companheiros de batalha.

Obs: vale mencionar também que o jogo conta com um “Modo Fotografia”, com vários filtros e opções avançadas, de maneira tal a permitir que o jogador capture screenshots lindíssimas, inclusive para utilizar como papel de parede, caso assim o deseje.

Existem problemas, obviamente. As já conhecidas Armas de Aluguel (introduzidas à partir de FC5) muitas vezes contam com uma atuação sofrível. Em determinados momentos, elas começam a atirar a esmo, alertando todos os inimigos ao redor, e isto sem que tenhamos dado ordem alguma neste sentido. Isto é bastante complicado, principalmente quando desejamos liberar um posto avançado, por exemplo, de maneira furtiva. As Armas também falam um monte de coisa durante a ação e durante os passeios pelo mundo do game, mas não existem legendas nestes momentos, o que é um problema para quem não entende inglês (no meu caso, prefiro o áudio original).

Em determinados momentos, também, as Armas de Aluguel simplesmente não obedecem aos nossos comandos, ou então apenas obedecem após os darmos diversas vezes. Existem também momentos em que NPCs com os quais devemos conversar encontram-se em “estado de conflito”, impossibilitando o diálogo, o que nos leva então a esperas desnecessárias. Também pude observar itens e corpos presos dentro de paredes, ou metade de corpos enfiados na parede e metade para fora.

Far Cry New Dawn

Observei também, em alguns momentos, algumas “texture pop-in”, além de um problema muito chato relacionado a um aviso de que eu estava me dirigindo a uma zona radioativa em torno de Hope County (à bordo de um helicóptero) quando eu na verdade estava bem longe dela. O problema, aqui, é que a sessão era finalizada e era recarregado o último checkpoint: isto aconteceu umas 5 ou 6 vezes, até que pude progredir com sucesso e sem problemas.

Mas no geral, Far Cry New Dawn é um ótimo shooter pós-apocalíptico. Uma ótima sequência para Far Cry 5, que explica várias coisas a este último relacionadas e que também acrescenta novidades muitíssimo bem vindas à franquia, incluindo o tal elemento “light RPG” (veja acima).

Se você jogou Far Cry 5, não deixe de jogar New Dawn. E se não jogou, tudo bem: a experiência é totalmente standalone, e pode ser experimentada sem problemas mesmo sem conhecimento dos eventos anteriores (mas recomendo firmemente que você jogue FC5 também).

Ficha técnica

Título: Far Cry New Dawn

Gênero: ação, mundo aberto, FPS

Desenvolvedora: Ubisoft Montreal, Ubisoft Kiev e Ubisoft Shanghai

Publisher: Ubisoft

Data de lançamento: 15 de Fevereiro de 2019

Plataformas: PC, PlayStation 4, Xbox One

Versão analisada: PC

A cópia de Far Cry New Dawn utilizada neste review foi gentilmente cedida pela Nuuvem, a maior loja de jogos digitais para PC da América Latina. Lá você pode encontrar não apenas Far Cry New Dawn, mas também uma série de outros games, incluindo muitas ofertas bacanas.

O catálogo da loja é enorme, e inclui inclusive jogos ativáveis no Steam e no Uplay. Além disso, comprando seus games na Nuuvem através de nossos links (acima), você ajuda bastante o XboxPlus, nós agradecemos imensamente, e nada muda para você. Dê uma olhada!

[Editado]: na verdade uma inserção. Esqueci de comentar que o jogo conta com suporte a co-op. Você pode jogar a campanha e as expedições na companhia de um amigo.

Pin It on Pinterest