Se você, como eu, viveu os tempos áureos em que contávamos com jogos do porte de WipeOut e F-Zero, bem, muito provavelmente você deve adicionar PACER (site oficial), da desenvolvedora britânica R8 Games, à sua wishlist.

O jogo de corrida e combates futurista com naves/veículos antigravidade é, de certa forma, um enorme tributo, em minha opinião, a WipeOut. Mais: ele muito provavelmente pode suprir as “necessidades”, digamos, de todos os fãs do antigo jogo cuja franquia foi iniciada pela Psygnosis, lá em meados da década de 90.

PACER é um jogo com gráficos lindíssimos. O título foi lançado no último dia 29 de Outubro, para PC e PlayStation 4, sendo que o lançamento para os consoles da Microsoft acontecerá em breve, segundo a R8 Games.

PACER

O título, anteriormente conhecido como Formula Fusion, levou 5 longos anos para ser desenvolvido. E eu posso garantir a você uma coisa: o produto final, o game que temos agora em mãos, é algo verdadeiramente surpreendente.

Com veículos, ou melhor dizendo, naves, que ultrapassam muitas vezes os 600 – 700 KM/h, além de pistas repletas de obstáculos e curvas bastante acentuadas, PACER entrega uma extremamente jogabilidade sólida.

PACER

É bastante fácil, aliás, aprender a pilotar qualquer uma das naves. Quer dizer, é fácil decorar os botões, os comandos, os controles, os sistemas, e assim por diante: difícil é controlar verdadeiros bólidos em pistas sensacionais, a altíssimas velocidades, ao mesmo tempo em que temos de lidar com mira, armamento, defesa e, obviamente, o turbo.

Jogando PACER

Cada corrida pode ser bastante frenética, em PACER, esteja você jogando no modo Carreira, na companhia de mais 9 naves controladas pela inteligência artificial do jogo, ou então no modo multiplayer, o qual suporta até 10 jogadores simultâneos.

Cada uma das naves conta com escudos, “vida” e um muitíssimo bem vindo turbo, o qual pode ser acumulado durante a própria corrida, pouco a pouco (trata-se do Turbo de Kers).

Componentes de vida e escudo também podem ser coletados durante as corridas, muitas vezes em curvas acentuadíssimas, o que exige, então, por parte do piloto, bastante perícia e cuidado.

PACER

PACER é um jogo frenético, não se engane. Velocidades bastante altas são geralmente experimentadas, e cada uma de suas cinco naves (Sabre, Python, Dragon, Voxel e Vixen) possui valores distintos no tocante a aceleração, velocidade máxima, manobrabilidade, frenagem e defesa, por exemplo.

O game também permite que o jogador escolha dentre algumas opções predefinidas de desempenho (Drifter, High Speed, Defensive e Agility), bem como configurações prontas no tocante ao armamento (Long Range, Defensive, Disruptive, Track Control, etc).

PACER

Claro, tudo isto pode ficar ainda mais interessante (desempenho e armamento) quando visitamos a garagem do jogo. Aqui, podemos personalizar nossas naves e até mesmo criar configurações verdadeiramente únicas, adaptando os veículos antigravidade ao nosso bel prazer.

A Garagem

Na garagem do jogo é que, digamos, a “mágica” acontece, no tocante ao desempenho e aos ajustes capazes de fazer com que qualquer piloto adapte uma das naves de acordo com seu gosto e preferências de pilotagem.

Podemos começar partindo de qualquer uma das opções de desempenho já existentes e então definirmos uma série de ajustes que podem fazer toda a diferença na “hora do vamos ver”.

Claro: tudo isto deve ser feito mediante o uso de créditos ganhos in-game, conforme participamos das mais variadas corridas e eventos. Motores, por exemplo, podem ser ajustados de forma tal a melhorar a aceleração das naves ao mesmo tempo em que o ângulo máximo de cada manobra é reduzido.

Transferência de peso, manuseio dos freios aéreos, quadro de suspensão, ailerons, propulsores: tudo isto também pode ser ajustado pelo jogador, valendo a pena lembrar que o jogo informa a todo instante as melhorias (ou prejuízos, digamos) no que diz respeito aos “valores” mais importantes de cada veículo antigravidade (aceleração, manuseio, frenagem, defesa, etc).

O jogador de PACER também pode, através da garagem, modificar diversos parâmetros relacionados à frenagem das naves, bem como mexer no dispositivo antigravidade e na defesa das mesmas (algo importantíssimo).

PACER

É até mesmo possível criar sua própria configuração, especificando um nome para a mesma e partindo então para o “trabalho braçal”: modificar parâmetro por parâmetro, valor por valor, e assim por diante, até chegar a um resultado que esteja de acordo com suas necessidades ou desejos.

O armamento também pode ser ajustado, é sempre importante lembrar, e você pode alterar o armamento esquerdo e o direito, optando por nanofoguetes, canhões de Gauss, minas, granadas de luz, etc. Também existem uma série de mods, incluindo módulos de pulso eletromagnético, vale ressaltar.

PACER

Tudo isto acaba por tornar o game bastante complexo e completo, no tocante à gama de opções que temos no que diz respeito à personalização de cada uma das naves. Isto sem falar que, ao criar seu próprio “set”, digamos, você estará definindo valores e particularidades que se adequam ao seu estilo, o que é algo muitíssimo bem vindo.

Velocidade e combates em PACER

PACER, como você já deve ter percebido, é um jogo de corrida e combates. Futurista. Futurista ao extremo, eu diria, e isto pode até mesmo ser visualizado durante cada corrida, em cenários muito bonitos, muitos deles dotados de uma estética que, digamos, “brinca” com elementos cyberpunk.

No total, o título conta com 14 pistas, sendo elas:

  • Midtown Trafik;
  • El Muro;
  • Niagara;
  • Fiyah! Fury;
  • Atlas Torres;
  • Freeway;
  • Mannahatta;
  • Trans Atol;
  • Satawald;
  • Uma V;
  • Sonashahar;
  • Aguila;
  • Ajura;
  • Laika Kosmodrom;

Além disso, a diversificação proporcionada pelo game é enorme, pois além das 14 pistas supracitadas, podemos optar por jogar em modos “Adiante” ou “Ré”, e também decidir se queremos jogar a referida pista de dia ou de noite; também podemos correr em cada uma das pistas em modo normal ou espelhado, veja só.

Com tudo isto em mente, fica bastante claro que o jogo proporciona uma ampla gama de opções ao jogador, sendo que cada corrida pode ser verdadeiramente única, dependendo da situação (principalmente no multiplayer).

PACER

Como um bom jogo para resolver o “problema” de todos aqueles que, como eu, ansiavam por algo que pudesse ser capaz de “substituir WipeOut”, PACER oferece competições acirradíssimas. A boa inteligência artificial do jogo coloca em cada corrida no modo solo 9 oponentes verdadeiramente “sedentos por sangue”.

Com bastante frequência temos de realizar manobras arriscadas para fugir de rajadas de balas contra nossa traseira, isto ao mesmo tempo em que tentamos mirar e disparar contra oponentes que se encontram muitas vezes a muitos metros de distância.

PACER

O jogo acaba por proporcionar uma experiência muito balanceada entre corrida e combates, a não ser, obviamente, que você fique em último lugar: neste caso, dependendo da situação, pode ser um tanto quanto difícil recuperar as posições perdidas (sem falar, é claro, que você não terá alvo nenhum adiante).

Algumas considerações finais

PACER oferece oito modos de jogo, incluindo o Flowmentum, o qual nos força a atravessar uma série de portais com a velocidade aumentando conforme passamos por cada um deles – aqui, ganha quem conseguir chegar o mais longe possível.

Com tudo isto em mente, é muito fácil chegar à seguinte conclusão: PACER pode muito bem representar, para muitos jogadores, “o jogo de corrida e combates futurista pelo qual todo fã de WipeOut ansiava“.

Verdadeiramente, o trabalho da R8 Games foi incrível, aqui, e o jogo, além de lindíssimo, é desafiador e divertido. Seu componente multiplayer, além disso, permite que qualquer jogador crie seu próprio servidor, o qual pode contar então com configurações bastante personalizadas.

Se você, como eu, é fã de WipeOut e jogos similares, dê uma chance a PACER. No Steam, o jogo custa atualmente R$ 57,00 – e eu posso garantir que ele vale muitíssimo bem o preço por ele cobrado.

Obs: além de uma trilha sonora fantástica, com faixas de CoLD SToRAGE e DUB FX, dentre outros, PACER possui também integração com dispositivos dotados da tecnologia Razer Chroma: assim, seu teclado, por exemplo, reagirá de acordo com a ação em tela. É algo muito bacana de se ver.

Recomendadíssimo!

Ficha técnica

Título: PACER

Gênero: Corrida, Combates, Futurista

Desenvolvedora: R8 Games Ltd

Publisher: R8 Games Ltd

Data de lançamento: 29 de Outubro de 2020

Plataformas: PC, PlayStation 4

Versão analisada: PC

Pin It on Pinterest