Mosaic parece, à primeira vista, um simples jogo de aventura e, talvez, ação. Mas o que o estúdio Krillbite Studio está criando aqui vai muito além. Vale ressaltar, aliás, que trata-se do mesmo estúdio responsável pelo muitíssimo elogiado Among the Sleep.

Mosaic Game

Recebi acesso a uma demo do game, e aqui vão minhas primeiras impressões. Mosaic é um jogo “estranho”: soturno, algumas vezes surreal. Interessante, com uma trilha sonora atmosférica ora calmante ora assustadora, opressiva.

No jogo, encarnamos alguém sem nome. Um protagonista que é apenas mais alguém em meio a uma enorme multidão que é escrava de uma máquina opressora que a tudo console, que de todos exige, que nada dá em troca.

Mosaic Game

O título da Krillbite Studio, o qual deve ser lançado até o final de 2019, nos coloca na pele de alguém endividado, com a geladeira vazia, e que tem que encarar todos os dias um trabalho extremamente monótono. Chato, mesmo.

Mosaic Game

Aliás, digamos que uma parte deste trabalho é transposta para o jogador na forma de uma espécie de puzzle, onde é exigido que atinjamos uma determinada meta, constantemente, sem que explicação alguma nos seja dada.

Trata-se, em minha opinião, de uma metáfora ligada a muito daquilo que muitos de nós vivemos em nossas rotinas diárias. Às rotinas estressantes. Aos dias enfadonhos. Às complicadas vidas dentro de megacorporações.

O personagem principal sem nome pode checar constantemente seu smartphone, e inclusive escanear códigos de barra de faturas, sem que seja possível, no entanto, pagá-las, pois sua conta bancária está sempre no vermelho.

Mosaic Game

Mosaic deixa bem claro ao jogador que o protagonista não é importante. Ele não é ninguém especial. Ele é apenas mais um número dentro de uma máquina gigantesca, e de alguma forma o jogo e o personagem principal me fizeram lembrar de 1984, de George Orwell: temos aqui alguém que, de forma um tanto quanto similar a Winston Smith, também executa tarefas maçantes diariamente. E que também é vigiado, de alguma forma: o jogo deixa isto bem claro. Mas cessam por aí as similaridades com a obra prima de Orwell.

Mosaic Game

Nosso “herói” se arrasta de seu apartamento, todos os dias, até seu emprego, para desempenhar seu trabalho odioso, chato ao extremo: o próprio puzzle que representa tal trabalho é bastante chato, e não estou dizendo isto de maneira pejorativa: ele representa bem a vida do cara sem nome que encarnamos, cheia de regras, de barreiras e impedimentos, repleta de burocracia, e exigindo sempre mais, mais, mais.

No jogo, que está em pleno desenvolvimento, ainda, temos também algumas leves pinceladas de algo que pode vir ser um determinado elemento cyberpunk. O protagonista de Mosaic entra em contato com alguns equipamentos estranhos, com sistemas mais estranhos ainda, e com elementos um tanto quanto futuristas e/ou não pertencentes àquela realidade onde estamos inseridos.

Mosaic Game

Há horror também em Mosaic, quando nos deparamos com cenas de engarrafamentos assustadoramente enormes, quando a câmera vai se afastando lentamente para que o jogador tenha um panorama melhor do quão gigantes são tais “problemas” na cidade onde vive o personagem principal.

Mosaic Game

A demo de Mosaic que joguei durou algo em torno de 40 – 50 minutos, e me deixou com água na boca, principalmente devido a alguns elementos bastante surreais, como por exemplo a estranha conversa entre o herói da história e um peixe nadando na pia de seu banheiro.

Mosaic Game

Existem também momentos em que sonhamos que estamos nadando em oceanos imensos, e momentos em que somos transportados para as alturas, observando o sol e uma beleza colorida que contrasta bastante com o mundo cinza e frio em que vivemos.

Mosaic Game

Existem momentos tocantes, na demo de Mosaic. Momentos em que as cores preenchem a tela e podemos observar o protagonista, estupefato, observar com atenção coisas corriqueiras e talvez banais, do dia a dia, mas que acabam passando batido em meio à correria constante e ao tempo que passamos jogando ou nos comunicando em redes sociais através de nossos smartphones.

Mosaic Game

Mosaic tem tudo para ser um jogo bastante interessante, e eu mal posso esperar pelo lançamento do jogo completo! Ah, e seus gráficos são charmosos demais!

Fique com um trailer do título:

Pin It on Pinterest