Quis o destino que minhas mãos (na verdade meu PC) felizmente recebessem o espetacular survival Valheim, lançado em Early Access no Steam em 02 de Fevereiro de 2021.

O jogo de sobrevivência com temática viking, por falar nisso, alcançou a surpreendente marca de 1 milhão de unidades vendidas em apenas 8 dias após seu lançamento.

Valheim

O título da desenvolvedora sueca Iron Gate Studio, resultado do (incrível) trabalho de apenas 5 pessoas, também chegou ao posto dos mais vendidos mundialmente na plataforma da Valve.

O survival também acabou se transformando no quarto título mais jogado no Steam, durante algum tempo, registrando um pico de mais de 160.000 usuários simultâneos e ultrapassando GTA V, Apex Legends e Rocket League.

Valheim

É essencial a utilização de fogueiras, em vários momentos…

Agora mesmo, enquanto escrevo estas linhas, Valheim é o game mais vendido no Steam, mundialmente, e ocupa a quarta posição no ranking dos mais jogados, com mais de 250 mil jogadores online.

Valheim: um survival de peso

Já tive a oportunidade de jogar outros survivals no passado, e o mais impactante deles para mim até então foi Conan Exiles, tanto devido à temática (sou grande fã da obra de Robert E. Howard) quanto devido às mecânicas, belezas e horrores presentes em seu mundo aberto.

Valheim

Entretanto, Valheim vai pouco a pouco ganhando espaço em minha mente, e o tempo que com ele passo, quando diante de meu computador (ou notebook), é sempre divertidíssimo.

Valheim

O jogo com temática viking da Iron Gate Studio (publicado pela Coffee Stain Publishing) é algo verdadeiramente surpreendente.

E perceba que estamos falando “apenas” a respeito de um título em Acesso Antecipado. Estamos falando de um título, porém, que mais se parece com algo finalizado, tamanha é sua qualidade.

Mesmo após várias horas de jogo, não me deparei com nenhum bug, com nenhum problema de desempenho, com nenhuma mecânica, digamos, quebrada.

Valheim

A dura vida de lenhador…

Trata-se de algo notoriamente desenvolvido com muito cuidado, carinho e atenção. De um verdadeiro trabalho de amor, certamente. “Impresso”, agora, em meu HD, e ocupando pouco mais de 1GB de espaço.

Vale dizer de antemão, agora falando a respeito do jogo propriamente dito, que sou um péssimo engenheiro / construtor, e como em Conan Exiles, por exemplo, também neste presente título minhas construções são pouco mais que meras “caixas de madeira”. Quadradas ao extremo, digamos.

Mas no futuro pretendo me focar mais nesta e também em outras áreas do jogo, uma vez que estou (ainda) aprendendo diversas coisas dentro do enorme mundo aberto gerado de forma procedural em Valheim.

Valheim

As belezas de um purgatório baseado na mitologia nórdica

O jogo é um belíssimo título com gráficos Lo-Fi, e nos apresenta a um enredo firmemente calcado na mitologia nórdica.

Logo após a criação do meu próprio servidor (privado), e também após a definição de alguns detalhes no que diz respeito à aparência de meu personagem no jogo, caí em um mundo aberto lindíssimo.

Fui ali deixado por um grande pássaro negro chamado Hugin, o qual também aparece de tempos em tempos a fim de nos fornecer recomendações valiosas. Tudo isto funciona (muito bem) como uma espécie de tutorial.

Valheim

Entretanto, é importante ressaltar que caso você já tenha jogado algum jogo pertencente ao gênero survival, várias coisas, vários sistemas, digamos, lhe serão familiares, incluindo sistemas de upgrades, crafting, gerenciamento de inventário, e coisas do tipo.

Um tanto quanto próximas à minha residência, aliás, já pude vislumbrar lindíssimas montanhas cobertas de neve, e dado tudo aquilo que já tive o prazer de experimentar no jogo, sei que devo evoluir muito, ainda, antes de explorá-las.

Também já atravessei lindos rios a nado – e aqui fica um pequeno aviso: é importante ficar de olho na estamina do personagem, bem como em sua energia, sob pena de vê-lo afogado.

Obs: é possível construir barcos e navios, também, além de pequenas jangadas.

Valheim

O interior de minha (por enquanto) humilde e pequena casa…

Em Valheim, estamos em uma espécie de purgatório. O próprio Odin enviou as Valquírias em busca de guerreiros grandiosos que pereceram nos campos de batalha, os quais foram então trazidos até tal local.

Inimigos e combates em Valheim

Como alguém que está morto para o mundo porém “vivo” em tal purgatório, você tem como missão lidar com antigos inimigos do Pai de Todos.

E o primeiro deles será Vegvisir Eikthyr, mas para tanto você deverá se preparar bastante. Você deverá aprimorar suas habilidades (tudo vai sendo aprimorado conforme você “usa”), armas e equipamentos, além de construir uma habitação na qual possa pelo menos construir uma bancada, uma cozinha e uma cama.

Valheim

Ainda não enfrentei Vegvisir Eikthyr, mas já tive o “desprazer” de conhecer seu ódio lá nas lindas paragens de Valheim. No jogo, que conta com ciclo dia / noite completo, certa vez Eikthyr enviou suas forças contra mim.

Obs: Valheim também conta com localização em pt-BR

Eu estava exausto, após muito perambular em busca de recursos e combater algumas outra criaturas, e antes que chegasse à minha pobre casa, um círculo vermelho apareceu em meu mini mapa, e fui avisado então que Vegvisir Eikthyr havia reunido as criaturas da floresta.

Foi neste momento, então, que eu (envergonhado comigo mesmo) corri de encontro à minha habitação e simplesmente ali me escondi, usando a luz de minha fogueira e de meu fogão numa tentativa de, quem sabe, espantar as feras que rugiam loucamente lá fora, incluindo javalis “possuídos” e algumas criaturas místicas do jogo.

Os combates em Valheim são baseados em esquivas e bloqueios. Tudo é bastante brutal, e se você não tomar o devido cuidado, pode, sim, morrer nas garras de um mero javali.

Valheim

Lutar com as mãos nuas jamais é a melhor opção, e você deve, com o tempo, forjar armas as mais variadas, desde machados até espadas, fabricadas com diferentes materiais.

Crafting, saques, construção e elementos similares

Um completo sistema de fabricação é trazido à tona tão logo empunhamos nosso martelo (após termos criado o mesmo, obviamente).

À partir do mesmo, podemos criar itens de mobília e também elementos necessários para a construção de casas, palacetes e salões, tais como, por exemplo, muros, paredes, paliçadas, vários elementos para o telhado, etc.

Além disso, podemos construir uma bancada, à partir da qual podemos reparar armas, ferramentas, equipamentos e itens de vestuário, bem como criar novos itens e efetuar atualizações.

Valheim também nos força, digamos, a explorar os arredores, sempre em busca de mais e mais recursos. Afinal de contas, fogueiras e fogões, por exemplo, precisam ser devidamente alimentados, pois você não deseja morrer de frio nem de fome, não é?

Muitas vezes, alimentos crus são impróprios para consumo, e frutas e similares acabam não fornecendo a quantidade adequada de energia ao nosso viking.

Isto sem falar que (posso estar enganado, aqui, mas tenho quase certeza que não), ao contrário do que acontece em Conan Exiles, a vida de lenhador em Valheim é muito mais cruel, digamos.

Valheim

No jogo da Funcom, obtemos madeira à medida que vamos martelando árvores e arbustos com nossos machados. Em Valheim, pelo menos no que diz respeito às árvores, isto não acontece.

O que ocorre é que primeiro a árvore deve ser derrubada, para então dividirmos seu tronco e somente após este “pequeno” detalhe sermos capazes de extrair a tão almejada madeira, direto para nosso inventário.

Valheim

Chegando em Valheim…

Também existem camas, no jogo da Iron Gate Studio, e quem jogou o título de sobrevivência do Cimério (ou pelo menos o “nosso Cimério”) sabe da importância de tal item, até mesmo funcionando como ponto de respawn.

Algumas considerações finais

Valheim custa apenas R$ 37,99 no Steam. Sinceramente, não acho que tal valor seja justo: creio, isto sim, que o jogo vale muito mais, mesmo ainda em Early Access. A qualidade de tudo o que vemos e jogamos é enorme. Trata-se de um dos melhores survivals que já tive o prazer de jogar.

O jogo suporta tanto PvP quanto PvE (até 10 jogadores). Eu, entretanto, estou em meu próprio mundo. Em meu próprio purgatório solo.

Ali fui deixado pelo enorme pássaro negro, e ali permanecerei, assim espero, por bastante tempo. O jogo é verdadeiramente surpreendente, e eu creio até que você pode aguardar por mais alguns artigos sobre o mesmo, assim como pretendo trazer mais textos sobre Dyson Sphere Program.

Pin It on Pinterest