A matança de civis inocentes em determinada parte do modo campanha de Modern Warfare 2 foi confirmada pela Infinity Ward. Entretanto, a passagem por tal controversa cena será opcional, e deverá ser confirmada pelos gamers em tela específica para tal. Segundo a Infinity Ward:

“A cena estabelece a profundidade do mal e o sangue frio de um vilão russo e sua unidade. Ao estabelecer este mal, ela acrescenta a urgência da missão do jogador em pará-lo.”

Modern Warfare 2

Será que dá pra convencer?

Não sei não. MW2 com certeza será um grande jogo, cujo realismo está sendo levado às últimas consequências. Até concordo em partes com a explicação da Infinity Ward, desde que o jogador que opte por participar da cena controversa tenha a opção de não atirar em ninguém inocente, sem que isso prejudique seu desempenho no game e/ou sua missão.

Isto, é claro, não é o que se vê no vídeo que vazou, e cuja retirada do site Destructoid (de onde o tinha aproveitado) foi solicitada pela Infinity Ward. Ali, o protagonista atira pra tudo quanto é canto, não poupando nem mesmo moribundos caídos no chão.

É claro que tudo depende do contexto e das escolhas que serão apresentadas ao jogador, mas podem contar que uma avalanche de protestos está por vir.

Via Destructoid

Pin It on Pinterest