Foram 7 anos em desenvolvimento. E agora, finalmente, Manifold Garden, jogo do desenvolvedor e artista visual William Chyr, está prestes a chegar à Epic Games Store. E isto acontecerá ainda em 2019, apesar da data exata ainda não ter sido divulgada.

O título da William Chyr Studio também será lançado no Steam, vale destacar, mas isto acontecerá apenas em 2020. O lançamento de Manifold Garden para outras plataformas, além disso, como por exemplo o PlayStation 4, está sendo estudado pelo desenvolvedor.

Manifold Garden

Uma proposta mais do que interessante

Fico sempre bastante entusiasmado quando me deparo com jogos com propostas interessantes, visual diferenciado e desenvolvidos por apenas uma pessoa ou por equipes pequenas. Indie games muitas vezes podem nos surpreender firmemente, devido ao amor e ao esmero de seus desenvolvedores. Este é o caso, pelo que tudo indica, de Manifold Garden, título que, aliás, vem sendo aguardado com bastante ansiedade pela comunidade.

Manifold Garden

O título é inspirado na obra do artista holandês M.C. Escher, e assim sendo, ele nos apresentará arquiteturas “impossíveis” e inúmeros labirintos, além de forçar o jogador a manipular a gravidade para “destravar” novas perspectivas e assim ser capaz de caminhar em qualquer tipo de superfície. Uma premissa, digamos, deveras interessante, principalmente se prestarmos atenção aos enormes ambientes do jogo.

Além disso, Manifold Garden apresentará ao jogador diversos puzzles, além de um mundo verdadeiramente grande. Em relação à exploração, vale ressaltar que, segundo o desenvolvedor, será possível explorar de forma infinita: tudo isto inspirado em Escher, obviamente.

Manifold Garden

Se você observar a página do jogo na Epic Games Store (ou até mesmo as screenshots constantes neste artigo), perceberá que o mundo de Manifold Garden em nada se parece com o nosso “mundo real”. Bacana, não?

Segundo William Chyr, a parceria com a Epic Games foi extremamente benéfica para o projeto do jogo, permitindo sua expansão e polimento. Além disso, a equipe de desenvolvimento cresceu, e uma empresa terceirizada foi contratada para detectar e reduzir o número de bugs: ora, em tempos em que jogos eletrônicos muitas vezes chegam ao mercado repletos de problemas os mais diversos, isto é algo muitíssimo bem vindo.

Manifold Garden

O início

O projeto de Manifold Garden começou em 2012, vale lembrar, e na época, o título se chamava “Relatividade”, certamente devido à inspiração no trabalho de M.C. Escher, mais precisamente na gravura que retrata um mundo com múltiplas gravidades – algo que também será refletido nas mecânicas presentes no game.

Em 2015, o jogo foi também apoiado pelo Indie Fund, tendo sido exibido, desde então, em mais de 20 festivais de jogos e convenções, incluindo E3 e IndieCade East.

Manifold Garden

William Chyr, por sua vez, chegou a dar diversas entrevistas, incluindo esta aqui, para o Chicago Reader, e esta, para o Videogame Tourism. Chyr também mantém um devblog, através do qual ele tanto apoia a comunidade de desenvolvedores independentes no geral quanto mostra como vai indo o desenvolvimento de Manifold Garden.

Finalizando

Veja agora um teaser trailer de Manifold Garden, através do qual podemos observar seus enormes e belos ambientes:

O trailer abaixo também é muito interessante, e exibe a evolução do jogo ao longo dos anos, incluindo melhorias gráficas (de 2015 a 2019):

Pin It on Pinterest