Gosto bastante de jogos com propostas diferentes, e Hardspace: Shipbreaker, em desenvolvimento por um estúdio canadense chamado Blackbird Interactive, é um deles.

O jogo entrará em Acesso Antecipado (Early Access) no Steam no próximo dia 16 de Junho, e será um tanto quanto inusitado. Em Hardspace: Shipbreaker, teremos como tarefa transformar velhas naves espaciais em dinheiro.

Hardspace: Shipbreaker

Explicando um pouco mais detalhadamente: deveremos explorar tais “velharias”, em órbita, segundo tudo indica, e então remover delas tudo o que pode ser aproveitado, vendido. Toda e qualquer “sucata útil”, digamos, deverá ser resgatada.

Em Hardspace: Shipbreaker, adentraremos enormes naves espaciais e, munidos de ferramentas que utilizam tecnologia de ponta, segundo a desenvolvedora, deveremos literalmente “fazer picadinho” das mesmas.

Hardspace: Shipbreaker

O jogo parece verdadeiramente bastante interessante, e vale lembrar que toda a ação acontecerá em gravidade zero. Naves poderão representar, digamos, verdadeiras “minas de ouro”, e a física do jogo será, segundo a desenvolvedora, bastante apurada.

Hardspace: Shipbreaker

Seremos livres para cortar e destruir tudo o que estiver diante de nós, porém, deveremos sempre ficarmos atentos, afinal de contas, os problemas podem ir desde choques elétricos até verdadeiras e perigosíssimas reações em cadeia.

A Blackbird Interactive cita até mesmo colapsos em reatores (nucleares), e, obviamente, tudo pode ir literalmente para o “beleléu”. Felizmente, entretanto, um clone nosso poderá sempre ser “adquirido” junto à empresa LYNX Corp.

Hardspace: Shipbreaker

Empresa esta, possivelmente, pelo que tudo indica, empregadora do protagonista em Hardspace: Shipbreaker. O título também encontra-se em desenvolvimento para PlayStation 4 e Xbox One, vale lembrar (sem datas definidas, ainda).

Enquanto isso, fique com o trailer explosivo e repleto de desastres os mais diversos:

Pin It on Pinterest