É muito bacana quando um jogo de qualidade recebe expansões que realmente valem a pena, não é? Não apenas meros caça-níqueis, DLCs cosméticos ou coisas do tipo. Quando tais expansões de qualidade, com conteúdo importante, são lançadas, geralmente acontece, dependendo do caso, da vida útil e/ou fator replay do jogo em questão aumentar bastante.

Pois bem, a Capcom anunciou durante o State of Play, da Sony, algumas novidades bastante interessantes para o sucesso Monster Hunter World, jogo que já foi inclusive analisado aqui no XboxPlus.

Trata-se, na verdade, de uma sensacional expansão para o jogo, chamada Monster Hunter World: Iceborne, a qual será lançada para Xbox One e PlayStation 4 em 06 de Setembro de 2019. O PC, como já de praxe, infelizmente, fica para depois (o lançamento para esta última plataforma acontecerá, segundo a empresa, durante o próximo verão brasileiro, em 2020).

Monster Hunter World: Iceborne - Banbaro

O novo monstro Banbaro

Monster Hunter World, vale lembrar, é o jogo mais vendido da Capcom, em todos os tempos, com 12 milhões de unidades distribuídas mundialmente. O título de caça a monstros colossais é algo verdadeiramente imperdível, colocando o jogador em contato com feras gigantescas que requerem diferentes estratégias para serem mortas.

Isto sem falar na interação do jogador e dos monstros alvo com o ambiente e também com outras criaturas: você pode estar de repente em algum combate, com algum monstro, e percebe que ele se enrolou todo em algum tipo de vegetação, facilitando sua vida por alguns minutos. Ou então, pode se deparar com outros monstros que atacam seu alvo, ajudando você algumas vezes de maneira espetacular.

Trata-se de um mundo vibrante, belíssimo e em constante movimento, este criado pela Capcom em Monster Hunter World, e Iceborne parece um DLC bastante apetitoso. Aliás, segundo a empresa, o conteúdo da expansão será gigantesco. Ele rivalizará com o volume de conteúdo do jogo base, o que não deixa de ser surpreendente, uma vez que este último é, também, gigantesco.

Durante a transmissão, a Capcom também revelou o primeiro trailer de gameplay de Monster Hunter World: Iceborne, o qual segue abaixo. Além disso, vale ressaltar que a nova expansão continuará a história do jogo base, e levará os jogadores a um novo e gélido local, onde criaturas totalmente adaptadas ao frio representarão novos desafios.

Tal local, conhecido como Fronteira Glacial, será a maior região no jogo até agora, e contará com um ecossistema que representará grande contraste com as áreas já conhecidas do jogo principal.

Iceborn também trará um novo nível de dificuldade (Rank Mestre), novos e inéditos monstros, como por exemplo o chifrudo Banbaro e o gigante que nada pela neve, Beotodus. Além disso, de forma talvez um tanto similar ao Zorah Magdaros do jogo base, haverá um colossal novo dragão ancião na região, conhecido como Velkhana.

Monster Hunter World: Iceborne - Beotodus

O novo monstro Beotodus

Tal dragão representará grande ameaça durante o jogo como um todo, vale lembrar. Monster Hunter World: Iceborne também adicionará novos recursos de jogabilidade, novos combos e novos elementos para cada um dos 14 tipos de armas, vale ressaltar.

Detalhes a respeito do preço da expansão ainda não foram divulgados, mas já sabemos que será necessário possuir o jogo base, ou seja, Monster Hunter World, para jogá-la. Além disso, será necessário ter atingido o Rank de caçador 16 para poder acessar à nova história e às novas missões de Iceborn.

Será também vendida, segundo a Capcom, uma versão especial chamada Monster Hunter World: Iceborne Edição Mestre, a qual conterá o jogo base e a expansão Iceborn, tanto em edições físicas quanto em edições digitais.

A empresa promete divulgar mais detalhes a respeito da expansão durante a E3 2019, e também informa que uma versão de testes de Monster Hunter World está disponível no PlayStation 4, de hoje até o próximo dia 20 de maio de 2019.

Fique agora com o trailer de gameplay de Monster Hunter World: Iceborne:

Pin It on Pinterest