Às vezes me pergunto como determinados jogos interessantíssimos podem “passar batido”. Há uma explicação, obviamente: são tantos os lançamentos, com tantos jogos de diferentes estilos sendo lançados todas as semanas, que muitas vezes títulos menores podem acabar ficando fora de nossos radares. É o caso, pelo menos para mim, do promissor Sea of Solitude, do selo EA Originals (o mesmo de Unravel, Fe, etc).

O jogo, desenvolvido pelo estúdio alemão Jo-Mei Games, ganhou hoje uma data de lançamento. Ele será lançado no próximo dia 05 de Julho, para PlayStation 4, Xbox One e PC, via Origin.

Sea of Solitude

Trata-se de um jogo bastante interessante, que tem como protagonista uma solitária garota chamada Kay, a qual atravessa um belo mundo repleto de monstros e criaturas fantásticas que estão, de certa forma, relacionados àquilo que vai em seu interior.

Em um enredo repleto de luz e escuridão, o jogador deverá, em Sea of Solitude, ajudar Kay enquanto ela percorre uma cidade inundada, onde o nível da água sobe ou desce de acordo com seu estado mental.

O jogador, aliás, deverá ajudar a garota a “enxergar abaixo da superfície e além“, em um jogo com uma trama repleta de momentos aparentemente tocantes e instigantes.

Kay, aliás, devido à sua enorme solidão, acabou também se transformando em um tipo de monstro, e é tarefa do jogador guiá-la através de um processo para recuperar sua humanidade.

Sea of Solitude

Sea of Solitude é centrado na essência da solidão, e puxa as cordas dos corações dos jogadores ao espelhar sua própria realidade. Ele é de longe o projeto mais artístico e pessoal que eu já criei, escrito durante um período muito emocional em minha vida.

Criar personagens baseados em emoções foi uma conquista profundamente pessoal para nossa equipe, e estamos muito animados para que os jogadores em breve experimentem a poderosa história de auto descoberta e cura de Kay“, disse Cornelia Geppert, CEO da Jo-Mei Games.

Eis aí um jogo que tem tudo para apelar para o lado emocional dos jogadores, creio eu, de maneira similar a GRIS, talvez. Depressão, solidão, ansiedade e temas semelhantes podem ser muito bem explorados em jogos eletrônicos, dependendo do caso, e creio que Sea of Solitude tem tudo para ser um jogo repleto de emoção e carisma.

Sea of Solitude

Mudanças climáticas, além disso, também farão com que o jogador perceba nitidamente as mudanças nas emoções da protagonista. Isto sem falar que novas áreas serão desbloqueadas conforme “desafios emocionais” vão sendo resolvidos, o que fará com que mais luzes e cores sejam injetadas no mundo do jogo (algo que também exibirá, paulatinamente, creio eu, a cura da personagem principal).

Fique agora com um trailer do game:

Pin It on Pinterest