Close to the Sun: eis aqui um jogo bastante promissor, com promessa de lançamento para PC (exclusivamente através da Epic Games Store), PlayStation 4 e Xbox One, ainda em 2019 (a data exata ainda não foi revelada).

No jogo, estaremos em uma espécie de realidade alternativa, na qual o famoso inventor Nikola Tesla projetou um gigantesco navio chamado Helios, cujos ambientes parecem até mesmo conter similaridades com a Rapture de BioShock 1 e 2.

Close to the Sun

No Helios, Tesla parece ter também construído uma sociedade composta pela elite de cientistas de seu tempo, assim como Rapture foi construída para abrigar os melhores gênios, cientistas e artistas de sua época. O enorme navio, aliás, funciona livre da influência de governos e outras organizações.

Ambientado no final do século 19, Close to te Sun é descrito como um jogo de horror, mas pelo que podemos deduzir através do trailer, das imagens e das informações divulgadas até agora, é possível que o horror não seja o foco do jogo, e/ou que este seja, digamos, uma espécie de “efeito colateral”.

O título encontra-se em desenvolvimento pelo estúdio italiano Storm in a Teacup, o qual garantiu uma parceria com a publisher britânica Wired Productions, isto sem falar na parceria com a Epic Games e na mudança de motor gráfico (da Unity para a Unreal Engine 4). Aliás, o estúdio menciona que a transição para a UE4 proporcionou “maior liberdade criativa e a capacidade de dobrar a qualidade dos jogos“.

Close to the Sun

O pessoal da Storm in a Teacup garante uma experiência de tirar o fôlego, e o trailer abaixo dá uma pequena amostra disso. Em Close to the Sun, o jogador controlará a jornalista Rose Archer dentro do gigantesco navio Helios, o qual contará, aliás, com uma estética art déco muito bonita. Tudo o que é mostrado, aliás, faz com que seja impossível não nos lembrarmos de BioShosk e da fantástica Rapture de Andrew Ryan.

Rose, a protagonista, estará à bordo do Helios em busca de sua irmã, Ada, e terá de solucionar diversos problemas, além disso, para descobrir o que acontece no navio, e também para desvendar o mistério em torno do desaparecimento de sua irmã.

A perspectiva de Close to the Sun será em primeira pessoa, e o jogo deixará nas mãos do jogador uma protagonista fraca e desprovida de armas, que apenas poderá correr e se esconder. Será que haverá espaço para ação furtiva?

Close to the Sun

Me parece que este será um jogo extremamente promissor, e é uma pena que ainda não haja uma data exata para seu lançamento. Confesso que gostaria de ver um título assim lançado no Steam, mas ao mesmo tempo fico cada vez mais interessado e intrigado com todo este trabalho da Epic Games em garantir exclusivos para sua loja: o que o futuro nos reservará, em se tratando da loja da criadora da Unreal Engine?

Em relação ao título da Storm in a Teacup, vale destacar que as screenshots divulgadas são muito bonitas e, sim, nos lembram bastante de BioShock (eu já disse isso antes, mas nunca é demais ressaltar, dadas as influências notáveis). Aliás, mal posso esperar para colocar as mãos em tal obra, uma que me parece tão instigante, aliás.

Close to the Sun

Sim, isto porque logo ao chegar ao Helios a protagonista descobrirá que algo de muito errado aconteceu ali. Ela se deparará com enormes salões vazios e com a impressão de que a morte ronda o local (perceba as referências a Rapture e BioShock novamente). Além disso, existirão informações a respeito de uma suposta quarentena que foi implantada. Curioso, não?

Close to the Sun custará, na Epic Games Store, US$ 29,99, mas já pode ser adquirido em pré-venda por US$ 17,99. Vamos aguardar pelo lançamento, e enquanto isso, fique com o trailer do game:

Pin It on Pinterest