Antes de qualquer coisa, gostaria de dizer que este é um review diferente. Trata-se, na verdade, mais de um texto de recomendação do que qualquer outra coisa. Sou fã de longa data da série DX-Ball da Longbow Games, a qual completou 20 anos de idade no final de 2018.

Este review, aliás, demorou um pouco para ser publicado devido a alguns problemas pessoais, mas enfim, gostaria de recomendar a vocês este ótimo pacote contendo cerca de 240 boards de DX-Ball 2, o qual foi chamado de DX-Ball 2: 20th Anniversary Edition.

Ele está disponível no Steam por meros R$ 14,49, aliás, e conta com inúmeras novidades, incluindo boards em widescreen, novas boards, novos powerups, novos efeitos, texturas em alta resolução, e mais uma série de outras novidades muito bacanas.

Para quem não sabe do que se trata (o que é difícil, creio eu), DX-Ball 2: 20th Anniversary Edition pertence a um gênero de jogos eletrônicos que conta com expoentes famosos e também divertidíssimos, tais como, por exemplo, Arkanoid, da Taito (lançado originalmente em 1986 para os fliperamas – ainda me lembro de gastar muitas fichas com o jogo), e Breakout, da Atari (este último através um conceito do próprio Nolan Bushnell).

DX-Ball 2: 20th Anniversary Edition

Neste tipo de game, contamos com um paddle, uma espécie de barra localizada na parte inferior da tela, e uma série de blocos na parte superior, os quais temos então de destruir lançando e fazendo com que a bolinha rebata por toda a tela, tomando sempre o devido cuidado para não deixar que ela “escape”, ou seja, nunca devemos deixar que a bolinha “caia” na parte inferior da tela sem que nosso paddle esteja lá para rebatê-la.

E é assim com DX-Ball 2, e também com o espetacular DX-Ball 2: 20th Anniversary Edition. Aqui, aliás, temos uma série de diferenciais, como por exemplo os powerups. Destruindo os blocos, podemos coletar então diversos itens que conferem modificadores à bola e também ao paddle.

Temos bolas de fogo, capazes de destruir mais blocos por vez, temos lasers que podem ser instalados no paddle (podemos então atirar nos blocos com o botão esquerdo do mouse), e temos também, por exemplo, espécies de ímãs que retêm a bola e nos permitem lança-la após escolher o melhor momento: trata-se de uma forma de termos um fôlego maior entre um e outro lançamento.

Também existem powerups que desencadeiam trovões que destroem uma grande quantidade de blocos ao mesmo tempo, e temos powerups que aumentam ou diminuem o tamanho da bola, para o bem e para o mal, respectivamente. Isto sem falar em “poderes especiais” que fazem com que o paddle fique maior, facilitando a nossa vida, e em “powerups problemas”, os quais, caso coletados, reduzem bastante o tamanho da barra, dificultando então a nossa vida.

DX-Ball 2: 20th Anniversary Edition

Temos também vidas extras, itens que, caso coletados, representam morte imediata, itens que fazem com que a bola seja rebatida com maior velocidade, e também temos a possibilidade de coletar um determinado item que mexe com a gravidade do jogo, alterando o modo de funcionamento da bola, fazendo com que ela tenda mais a cair. Ah, sim, também existem determinados powerups que conferem bolas extras, e aí acontece a maior loucura em tela, com bolas sendo rebatidas por todos os cantos e o jogador, loucamente, tentando não deixar nenhuma ir embora.

No jogo, é muito divertido observar como a bolinha de vez em quando adquire “vida própria”, indo para locais na parte superior da tela meio que protegidos e se “aventurando” em meio a emaranhados de blocos de diferentes tipos, texturas e níveis de resistência. Existem momentos em que ela bate e rebate loucamente, fazendo também com que powerups distintos sejam liberados e possam assim ser coletados pelo nosso paddle.

O pacote DX-Ball 2: 20th Anniversary Edition é na verdade a versão full do DX-Ball 2 original (confira o site oficial do novo jogo), e conta com o “board pack 1”. A Longbow Games também prometeu lançar pacotes com boards adicionais ao longo do tempo, e já temos lá no Steam, disponível para compra, o “Board Pack 2“, por exemplo, contendo mais de 150 novas boards para a diversão de jogadores de todas as idades.

DX-Ball 2: 20th Anniversary Edition

Ainda em relação ao DX-Ball 2: 20th Anniversary Edition, vale lembrar que ele permite que o jogador escolha entre os gráficos “datados”, da versão original (nostalgia pura), e texturas aprimoradas, em alta resolução, criadas especialmente para o novo título.

Também é possível competir pelas melhores pontuações nas leaderboards, e criar e compartilhar novos níveis através do suporte ao Steam Workshop. Isto sem falar no suporte ao Steam Cloud, o que facilita bastante as coisas no momento de trocarmos de computador, vale ressaltar.

DX-Ball 2: 20th Anniversary Edition

Temos aqui um pacote bastante interessante, com mais de 240 boards, entre clássicas e novas, incluindo suporte a texturas antigas e renovadas, sem falar em telas originais ou com suporte a widescreen.

Trata-se de um jogo interessantíssimo, divertido e que pode muito bem fazer parte da biblioteca de quem aprecia diversão descompromissada e partidas rápidas, valendo também a pena lembrar que, com o lançamento no Steam, agora existe a possibilidade de salvarmos nosso progresso e continuarmos posteriormente, à partir de onde paramos.

Ficha técnica

Título: DX-Ball 2: 20th Anniversary Edition

Gênero: casual, arcade

Desenvolvedora: Longbow Games

Publisher: Longbow Games

Data de lançamento: 21 de Novembro de 2018

Plataformas: PC

Versão analisada: PC

Confira abaixo o trailer de DX-Ball 2: 20th Anniversary Edition, e fica aqui minha recomendação, mais uma vez: compre!

Obs: existem alguns problemas de incompatibilidade entre o jogo e o Steam overlay (até mesmo segundo pude averiguar junto à desenvolvedora), e devido a isto, a captura de screenshots não funciona. Por este motivo, utilizei imagens presentes no site oficial do jogo e no próprio Steam.

Pin It on Pinterest